Bestiário: Draconatos – Tropas e Tenentes

No primeiro bestiário sobre draconatos apresentamos fichas de soldados e um sacerdote. Seu grupo sobreviveu as paredes de escudos e baforadas de energia elemental? Então agora é hora deles enfrentarem unidades inteiras de soldados, feiticeiros capazes de invocar dezenas de kobolds, e por fim, um campeão dracônico duro na queda! Divirtam-se!

Draconato

“Kobolds gigantes!”

– Katabrok, o Bárbaro.

Outrora quase extintos, o orgulhoso e cruel povo-dragão volta a revelar-se à Arton sob as bênçãos do deus Kallyadranoch. Há boatos sobre tropas se agrupando nas Mts Sanguinárias, feiticeiros brutais e campeões alados.

Mais informações sobre os draconatos podem ser encontradas nos artigos Draconatos para TRPG e Bestiário: Draconatos – Soldados e Sacerdotes.

Habilidades Comuns

Todos os draconatos possuem as seguintes habilidades em comum:

  • Sopro menor: 1x /dia, com uma ação padrão, o draconato pode fazer um ataque de sopro que causa 1d4 de dano por nível. Este sopro tem a forma de um cone de ácido, fogo ou frio de 4,5m ou uma linha de eletricidade ou energia negativa de 9m. Um teste de Reflexos (CD 10 + modificador de Constituição + ½ do nível) reduz o dano à metade.
  • Possui resistência 5 contra o mesmo tipo de energia do seu sopro.

Unidade de Soldados Draconatos

“Registramos diversos saques a aldeias e comunidades distantes, mas ainda não descobrimos os responsáveis.”

– Últimas palavras de um conselheiro de Sckharshantallas frente a seu regente.

Tropas de draconatos têm sido avistadas em diversos pontos do Reinado, sejam em companhias mercenárias ou pequenas tropas sob as ordens de um dragão ou culto a Kallyadranoch.

Estas tropas andam em formação cerrada, de escudos e lanças erguidas. São treinados para utilizarem seu ataque de sopro em conjunto, normalmente como um ataque inicial para destroçar e dispersar as linhas inimigas, ou no enfrentamento de criaturas muito poderosas. Por razões estratégicas, as tropas são formadas por draconatos com um mesmo tipo de sopro.

Regras para unidades militares são apresentadas nos suplementos Guerras Táuricas (pgs.36-37) e Expedição a Aliança Negra (pgs.48-49). Você também pode encontrá-las na Tormenta RPG SRD Wiki.

Unidade de Soldados Draconatos (ND 6)

Plebeu 3/ Guerreiro 1, Grande, Leal e Maligno

Iniciativa +7

Sentidos: Percepção +6.

Classe de Armadura: 19 (+2 nível, +1 natural, +4 brunea, +2 escudo).

Pontos de Vida: 150.

Resistências: Fort +7, Ref +2, Von +1, resistência a energia 5 (mesma do sopro), imunidades de unidade, vulnerabilidades de unidade.

Deslocamento: 6m.

Ataques Corpo-a-Corpo: Lança +17 (1d6+5).

Ataques à Distância: Azagaia +13 (1d6+5).

Habilidades: For 16, Des 11, Con 16, Int 10 Sab 9, Car 10.

Perícias: Intimidação +6, Furtividade -5.

Talentos: Foco em Arma (Lança), Vitalidade, Usar Armaduras Médias.

Ataque de Unidade: Para cada 3 pontos que a jogada de ataque exceder a CA do inimigo, a unidade causa dano mais uma vez.

Sopro Menor: 4d4+2 de dano. Reflexos (CD 20) reduz o dano à metade. Se falhar por 5 pontos ou mais, a vítima recebe o dano mais uma vez.

Equipamento: brunea, lança, azagaia x4, escudo pesado.

Tesouro: padrão.

Feiticeiro Draconato

Feiticeiro Draconato

Feiticeiro Draconato

“A magia dos dragões pulsa em minhas veias!”

– Zylla, feiticeira draconato.

Draconatos herdaram uma parcela do poder mágico e da presença dos dragões, sendo comum o surgimento de feiticeiros entre eles. Estes conjuradores são temidos por sua afinidade com os elementos e vigor em combate. A presença dracônica é tão forte em alguns que se tornam líderes naturais de kobolds e outras criaturas relacionadas a dragões.

Feiticeiro Draconato (ND 8)

Feiticeiro 8, Médio, Neutro e Maligno

Iniciativa +6

Sentidos: Percepção +5.

Classe de Armadura: 20 (+4 nível, +2 Des, +1 Natural, +2 Linhagem +1 anel de proteção).

Pontos de Vida: 60.

Resistências: Fort +6, Ref +6, Von +7, resistência à magia +1 (cajado de osso de dragão).

Deslocamento: 9m.

Ataques Corpo-a-Corpo: Cajado de osso de dragão +6 (1d6+5) ou Garra +5 (1d4+6) ou 2 Garras +1/+1.

Habilidades: For 12, Des 14, Con 14, Int 10 Sab 13, Car 21.

Perícias: Intimidação +20, Identificar magia +11.

Talentos: Mente sobre o Corpo*, Magias em Combate, Substituição Elemental (elemento do sopro)*, Servos do Dragão**.

Afinidade elemental: o feiticeiro recebe +2 na CD e no dano de magias arcanas lançadas por ele que tenham o mesmo descritor do tipo de energia do seu sopro. Este traço racial variante substitui a resistência à energia dos draconatos.

Cajado de osso de dragão (item): item obra-prima. O portador recebe +1 de bônus em testes de resistência contra magias. Preço: 1.050 TO.

Servos do dragão: 4x /dia, com uma ação padrão, o feiticeiro draconato pode usar sua presença dracônica para invocar 40 kobolds da região (TRPG, pg.276), que surgem em qualquer ponto a até 9m (de arbustos, buracos do chão, atrás de móveis) e permanecem até serem destruídos ou dispensados, quando então desparecem sem deixar vestígios. Os kobolds são fiéis e lutam até a morte. O feiticeiro não pode invocar novos kobolds até todos os antigos serem destruídos ou dispensados.

Sopro menor: 8d4+4 de dano. Reflexos (CD 16) reduz o dano à metade.

Substituição elemental (metamágico): o feiticeiro draconato escolhe um descritor elemental do mesmo tipo de seu sopro menor. Ele pode trocar o descritor o descritor de uma magia que cause dano pelo descritor escolhido (recebendo os benefícios de Afinidade elemental).

Magias de feiticeiro conhecidas (PM 29; CD do teste de resistência 15 + nível da magia): 0 – detectar magia, mãos mágicas, pasmar, raio de ácido (ou fogo, ou frio); 1º – área escorregadia, armadura arcana, ataque certeiro, aumentar pessoa, mãos flamejantes, raio do enfraquecimento; 2º – crânio voador, reflexos; 3º – bola de fogo, lentidão; 4º – pele rochosa, tempestade glacial.

Equipamento: cajado de osso de dragão, anel de proteção +1, bolsa com pó de diamante suficiente para conjurar Pele Rochosa 2x (500 TO).

Tesouro: nenhum (os itens já valem o bastante).

* Manual do Arcano. ** Covil do Terceiro /Guia da Trilogia.

Campeão Draconato: força, asas e lança mágica de adamante!

Campeão Draconato: força, asas e lança mágica de adamante!

Campeão Draconato

“Ele abriu suas asas e tudo virou cinzas.”

– Relato de um bardo sobre um campeão draconato.

Poucos dentre os draconatos são mais temíveis que seus campeões alados. Nascidos com uma parcela maior do poder dracônico ou tendo adquirido este poder posteriormente, estes combatentes se destacam no campo de batalha, muitas vezes atuando como líderes.

Campeão Draconato (ND 9)

Guerreiro 9, Médio, Leal e Maligno

Iniciativa +13

Sentidos: Percepção +5.

Classe de Armadura: 24 (+4 nível, -1 tamanho, +1 Des, +1 natural, +8 armadura, +1 Esquiva).

Pontos de Vida: 96.

Resistências: Fort +10, Ref +5, Von +5, resistência à energia 5 (mesma do sopro).

Deslocamento: 9m, voo 9m.

Ataques corpo-a-corpo: Lança de Kally +15 (2d6+17) ou +17 (4d6+19) contra humanoides.

Habilidades: For 21, Des 12, Con 18, Int 10 Sab 12, Car 12.

Perícias: Furtividade -4, Intimidação +17.

Talentos: Grandão**, Foco em Arma (lança montada), Draconato Alado††, Esquiva, Mobilidade, Investida Aérea, Especialização em Arma (lança montada), Ataque Poderoso, Golpe com Duas Mãos, Sopro do Dragão Vigoroso††.

Lança de Kally (item): uma lança grande de adamante anti-criatura (humanoides) +1 usada pelos campeões dos draconatos. Contra humanoides o bônus da arma aumenta em +2 e ela causa +2d6 pontos de dano adicionais. Criaturas não relacionadas a dragões que empunhem a lança sofrem um nível negativo. Criaturas de tamanho médio podem usá-la como uma lança montada. Valor: 9.710 TO.

Investida aérea: quando está voando e faz uma investida (+2 no ataque, -2 na CA até o início do seu próximo turno), o campeão causa dano triplicado com a Lança de Kally (6d6+51 ou 8d6+57 contra humanoides).

Sopro menor (Vigoroso): 9d6+8 de dano. A área de alcance é ampliada para cone 9m ou linha 18m. Reflexos (CD 18) reduz o dano à metade.

Equipamento: Lança de Kally, armadura completa (adaptada).

Tesouro: nenhum (os itens já valem bastante).

** Guia da Trilogia. Manual de Criação de Monstros. †† Blog Área de Tormenta.

Ganchos

  • Kallyadranoch está reunindo um grande exército de draconatos ao redor de si. Talvez ele planeje invadir e conquistar o plano divino ocupado pela Tormenta (e que pertence a ele por direito).
  • As famigeradas Lanças de Kally utilizadas pelos campeões draconatos são forjadas por um dragão vermelho que habita uma ilha próxima as Mts. Sanguinárias. Os aventureiros devem matar o dragão antes que o exército de Kallyadranoch receba mais destas temíveis armas.
  • Um feiticeiro draconato lidera uma horda de kobolds que têm causando grandes estragos.

Bastidores

Unidade: Embora não esteja previsto nas regras originais de unidades militares, adaptamos a habilidade sopro menor, aumentando a CD em +5, e dobrando o dano caso a vítima falhe no teste de resistência por 5 pontos ou mais. Isso deve emular bem uma “baforada conjunta”.

Feiticeiro: O talento Mente sobre o Corpo (MdA, pg.40) adiciona o VALOR de Carisma nos PVs! Parece-nos desbalanceado e imagino que seja um erro (½ do valor de Carisma seria aceitável). Se proibir este talento na sua mesa, troque-o por Vitalidade (ficando com 46 PV).

Espero que tenham curtido o cajado de osso de dragão e que o valor do item esteja justo. 😀

Campeão: Seus itens estão um pouco acima do valor de PJs de 10º nível, mas não achamos que justifique um aumento da ND. Entretanto, talvez você queira aumentar a ND em 1 ou 2 pontos por causa da Lança de Kally e seu poder anticriatura, que torna o campeão um moedor de PJs.

Rodrigo Quaresma fez as fichas do feiticeiro de 60 PVs e do campeão que causa 8d6+57 de dano. Culpe-o sem dó pela morte dos PJs.

Edu Guimarães fez a ficha da unidade de draconatos (molezinha), a parte descritiva e revisou tudo. Ninguém precisa saber que a lança anticriatura foi ideia dele…

As ilustrações utilizadas neste artigo pertencem a Wizards of the Coast.

3 thoughts on “Bestiário: Draconatos – Tropas e Tenentes”

  1. Rodrigo Quaresma says:

    Não se esqueçam de mandar fotos das fichas rasgadas, vítimas da investida aérea, pra mim! Meu instino psicopata quer troféus 😀

  2. Pedro Henrique says:

    Qual método vo^s usaram para distribuir os pontos?

    1. Edu Guimarães says:

      Já faz muito tempo que fizemos as fichas, mas acredito que o Quaresma usou o sistema de pontos do Tormentão, pg.27.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: